Contator de Potência – O aquele é que para que Funciona

Sem defeito de dúvidas o contator de potência é unidade dos mais populares dispositivos de acionamento quando o contexto em questão é comandos elétricos, isso tudo é com o eletricista em Osasco.

O simples evento de se deparar com este mecanismo em um painel elétrico, lembre-se, isso não é um mercado de forex para iniciantes, normalmente, traz na mente do técnico da área elétrica a ideia da existência de um motor elétrico trifásico.

Na extenso superioridade das vezes, o contator é aproveitado para o acionamento de motores elétricos, no mas, esta não é a única aplicação deste dispositivo.

Hoje a respeito de dia você encontra alguns possíveis substitutos para o contator como são os relés de toque sólido, porém não tenha dúvidas que o contator de potência estará sempre presente em seu dia a dia.

Quer entender mais sobre o contator de potência? Continue lendo…

Intuito do contator de potência e aplicação

Este mecanismo tem por fim principal o seccionamento das 3 fases do sistema trifásico de alimentação permitindo com tal o contator de potência atue como um interruptor para o motor elétrico por exemplo.

Desta aspecto podemos ter o comando da alimentação pelo simples fato do contator ser acionado ou desacionado.

Normalmente utilizado para o acionamento de motores elétricos trifásicos, você mesmo encontrará este artifício comandando banco de resistências, banco de capacitores, autotransformadores, sistemas de iluminação e etc…

hierarquia de emprego de contatores de potência

que comentamos anteriormente, os contatores de potência poderão acionar diversos tipos de cargas elétricas, apesar o aquele vai efetivamente aceitar esta flexibilidade será a categoria de emprego deste equipamento.

As categorias de empregos definida pela IEC-947-4 fixam os valores de correntes aquele o contator deve estabelecer ou interromper. Elas dependem:

Da categoria do receptor controlado: motor de gaiola ou de anéis, resistências

Das condições nas quais se efetuam os fechamentos e as aberturas: motor em regime ou bloqueado ou em partida, alteração do sentido de rotação, frenagem por contracorrente.

Você encontrará basicamente 4 ordem de empregos, são elas:

AC-1

AC-2

AC-3

AC-4

A hierarquia de emprego AC-1 determina aquele os contatores fabricados para este grupo atenderá cargas elétricas cujo que tal o fator de potência é de no mínimo 0,95, ou seja, normalmente cargas resistivas.

No acontecimento da categoria AC-2 temos um grupo definindo aquele o contator poderá comandar partida e desligamentos, frenagem por contracorrente e partida por impulsos em motores de anéis coletores.

Um detalhe importante é que normalmente a corrente de partida destes sistemas são de aproximadamente 2,5 vezes a corrente nominal.

A mais comum é a ordem de emprego AC-3 que tem como utilidade principal a partida de motores com rotor gaiola e desligamento efetuado com o motor em regime.

A corrente de partida destes motores podem haver de 5 a 7 vezes a corrente nominal.

A categoria AC-4 é sem dúvidas a mais robusta, que permite a manobra dos do contator a plena carga, comandos intermitentes e inversão.

Trata-se especialmente de acionamentos de motores do padrão gaiola ou anéis como são os casos de motores aplicados em tornos, trefilas, ponte rolantes e etc…

Partes internas de unidade contator

Podemos identificar em um contato 3 principais partes que o constitui, a parte superior, a base e sua bobina.

Na parte elevado temos um conjunto que são o “semi núcleo” unido ao mecanismo móvel dos contatos, ainda nesta parte temos a parte fixa dos contatos (tanto de potência quanto auxiliar).

Na lastro, ou parte inferior, também possuímos um “semi núcleo” que será envolvido pela bobina transformando-o em um eletroímã capaz de atrair o mecanismo móvel da parte superior

consequência

O contator de potência é um dos componentes defato necessários e em alguns casos, praticamente insubstituível, com a meta de seccionar as fases de um sistema trifásico pode acionar praticamente todas as cargas elétricas

O único detalhe que o profissional deve ter é de escolher a categoria de emprego adequada a instalação onde o contator será aplicado